Hoje em dia, sofrer com depressão, ansiedade, estresse e similares é extremamente comum.
Seja pela correria do dia-a-dia, pela complexidade dos problemas familiares vistos em nossa sociedade ou por qualquer outro motivo, certamente é fácil encontrar
alguém que apresente um desses quadros.
De acordo com a OMS, a depressão é a doença que mais contribui com a incapacidade no mundo, em cerca de 7,5%. Ela é também a principal causa de mortes por suicídio,
com cerca de 800 mil casos por ano.
Além da depressão, a entidade indica que, pelo mundo, 264 milhões de pessoas sofrem com transtornos de ansiedade, uma média de 3,6%.
Números preocupantes, não é mesmo? E são ainda mais quando o nosso país, o Brasil, é o mais depressivo de toda a América latina. Essa informação
é paradoxal em relação ao jeito alegre e despreocupado, típico dos
brasileiros, e pode chocar muitos, mas, apesar disso, infelizmente é verídica.
É Estimado que 5,8% da população nacional seja afetada pela depressão. A taxa média supera a de Cuba, com 5,5%, a do Paraguai, com 5,2%, além de Chile e Uruguai,
com 5%.

É claro que é preciso procurar um especialista caso considere-se depressivo, mas além do tratamento profissional, existem
alguns relaxantes naturais que podem melhorar sua qualidade de vida, e é
sobre eles que viemos falar hoje.

Se você está passando por um momento emocional difícil e deseja tentar
melhorar de forma natural e caseira antes de procurar um médico,
continue lendo que iremos te ajudar!

ALFACE

Suas folhas tem efeito calmante, e podem ser usadas tanto para fazer chá
quanto em saladas e diversas receitas.
Possuem uma substância chamada lactutina, que é uma ótima ajudante na
hora de relaxar o corpo para facilitar o sono, o que torna o alface um
dos principais alimentos na hora de combater a insônia. A parte da
verdura onde mais concentra-se essa substância é no talo, então é
importante ingeri-lo caso queira um bom efeito.
Além do mais, ele também é rico em ácido fólico, que é um poderoso
aliviador da ansiedade, por atuar nos neurotransmissores como a serotonina, dopamina e noradrenalina, que quando estão em quantidade certa no nosso cérebro, regulam
as sensações de nervosismo.

Nutrientes da alface

  • Vitamina A;
  • Vitaminas B1, B2 e B3;
  • Vitamina C;
  • Vitamina K;
  • Fibras, cálcio, ferro, sódio, magnésio, betacaroteno, potássio e lactucina;

ALFAZEMA ou lavanda

Planta perfumada e excelente para a saúde, a alfazema alivia dores de cabeça, artrite, contusões, dores reumáticas, gripe, alergias, tosse, sinusite, asma,
distúrbios
no sono, irritabilidade, ansiedade e imperatividade.

Também apresenta efeito sedativo leve, sendo um ótimo ingrediente
para tratar depressão, desânimo e falta de disposição.

Seu óleo essencial é um poderoso analgésico, podendo ser usado em
massagens localizadas para abrandar dores musculares, ou em inflamações para amenizá-las, também.

O chá, detentor de um sabor agradável e um cheirinho ainda mais, trás além dos benefícios acima descritos, o alívio de dores intestinais e impede a formação de
gases,
devendo ser ingerido ao término das refeições para este fim.

CAMOMILA

Um dos mais famosos dentre os calmantes naturais, muitas pessoas
admitem não viver sem tomar um chazinho de camomila para aliviar o
estresse diário. A planta, com perfume agradável e característico, tem
suas flores usadas até mesmo como enchimento de travesseiros, com o intuito de
auxiliar indivíduos a dormirem melhor.
Além disso, o chá de camomila também pode ser usado para aliviar as
cólicas menstruais, veja melhor clicando aqui, a gripe, inflamações no
nariz, náuseas, inchaços nos olhos e muito mais!

CENOURA

Você sabia que adicionar a cenoura a sua alimentação diária fará com que suas crises nervosas diminuam?
Pois é, e esse não é o único benefício desse alimento tão amplamente usado e apreciado, já que ele é rico em betacaroteno, que se transforma em vitamina A no organismo.

Dentre os benefícios dessa vitamina estão o alívio de cegueiras noturnas, doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, aumento da imunidade corpórea e a
prevenção
do câncer.
Além disso, a cenoura contém vitamina C e as do complexo B.

CIDREIRA (CAPIM-LIMÃO)

Uma planta que de tão presente no nosso país, deixa poucas evidências de
que na verdade, é estrangeira e veio da Índia. Possue dezenas de nomes
regionais, como capim cheiroso, capim cidró, capim santo, capim de cheiro e vários outros!
Seu chá tem efeito calmante, além de aliviar cólicas intestinais e menstruais.
Na massagem, o óleo essencial é tão eficiente que caso vá em um
profissional receber um tratamento com a erva , é melhor levar alguém para dirigir na volta pois
você certamente ficará bêbado de relaxamento demais para isso!

ERVA DE SÃO JOÃO

A ação desta erva para o tratamento e controle da depressão é cientificamente comprovada, e inclusive o seu chá é
recomendado por profissionais da área.
Tome-o 3 vezes ao dia ou de acordo com a recomendação médica, sua
qualidade de vida melhorará de forma incrível.

ERVA DOCE

Tranquilizante, deliciosa e com um perfume inconfundível, a erva doce pode ser ingerida
como chá ou mesclada a diversas outras receitas.
É um calmante natural, ajuda a dormir, a melhorar a circulação
sanguínea, as cólicas intestinais e menstruais, assim como a digestão e a pressão arterial.
Além disso, auxilia as mamães a produzirem mais leite, protege as veias
do coração, alivia gripes e tosses, dentre outros benefícios
fantásticos!

MARACUJÁ

O clássico maracujá não ganhou essa fama toda de calmante à-toa.
De fato, seus benefícios para a saúde são vastos e incríveis.
A fruta é excelente no combate de crises de ansiedade e depressão, possuindo ação analgésica, anti-espasmódica, relaxante, antidepressiva, sedativa e hipotensora.
Ou seja, ingrediente indispensável para quem está muito ansioso ou apresenta dificuldades na hora de dormir.

Receitas caseiras que servem como relaxantes naturais

Batida de camomila com maracujá

uma deliciosa receita que lhe ajudará a dormir melhor, relaxar dos
estresses diários e livrar-se de crises de ansiedade.

Ingredientes:

  • 1 Xícara de chá de camomila;
  • Meia xícara de chá de poupa de maracujá;
  • 1 Copo de água gelada;
  • Mel e adoçante a gosto;
  • Gelo a gosto;

Modo de preparo:

  1. Coloque todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Bata bem;
  3. Coe para salvar apenas o líquido;
  4. Sirva em seguida;

Batida de chá de cidreira com maracujá

perfeita para quem tende a ser muito nervoso e a sofrer com a ansiedade.
Essa receita lhe deixará mais calmo, mais relaxado.

Ingredientes:

  • 1 Xícara de chá de erva cidreira (aqui referimo-nos ao chá mesmo, preparado com 2 saquinhos para ficar bem forte);
  • A poupa de um maracujá grande;
  • Mel ou adoçante a gosto;
  • Gelo a gosto;

Modo de preparo:

  1. Coloque no liquidificador o chá e a poupa, batendo por um tempo;
  2. Adicione o gelo e o que for usar para adoçar, e bata outra vez;
  3. Coe para salvar apenas o líquido;
  4. Sirva em seguida;

Suco de cidreira com limão

uma bebida saborosa e refrescante, que além das propriedades calmantes da
cidreira trás a vitamina c do limão.

Ingredientes:

  • 2 Copos de água filtrada;
  • 1 Saquinho de chá de erva cidreira;
  • Suco de um limão;
  • 6 Pedrinhas de gelo;
  • Mel e adoçante a gosto;

Modo de preparo:

  1. Faça o chá de cidreira normalmente, colocando a água para aquecer, desligando o fogo antes do ponto de fervura, adicionando o saquinho de chá e deixando descansar
    tampado durante 5 minutos.
  2. Leve o suco do limão ao liquidificador, juntamente com o gelo e o chá que acabou de preparar;
  3. Bata até dissolver todo o gelo;
  4. Adicione o que for usar para adoçar, mel ou adoçante, e sirva em seguida;

Informações extras

Quais os sintomas da depressão?

  • Desânimo para tudo, coisas banais e extraordinárias;
  • Desgaste e cansaço persistente;
  • Humor azedo;
  • Mal-estar repentino quando precisa enfrentar alguma situação que não queira;
  • Medo de quase tudo, situações cotidianas e inusitadas;
  • Sonolência exagerada;

Observação: Para ser considerado depressivo, o indivíduo precisa apresentar 3 ou mais desses sintomas, durante um período igual ou maior que um mês.

Conclusão

A natureza nos oferece diversas maneiras de nos cuidar, alimentar,
proteger e curar. Se passarmos a usar tudo o que a terra tão
generosamente nos fornece, nossa qualidade de vida aumentará de forma grandiosa.

Tente ao máximo melhorar seus problemas e doenças de formas naturais
antes de migrar para remédios mais poderosos, que por consequência,
quase sempre serão mais prejudiciais.

Gostou do artigo? Esquecemos de citar alguma erva? Tem alguma receita de
família ou pessoal que gostaria de compartilhar conosco? Conte tudo nos comentários!

Compartilhar
/wp-content/uploads/2018/06/os-melhores-relaxantes-naturais.jpg/wp-content/uploads/2018/06/os-melhores-relaxantes-naturais-150x150.jpgBeatriz FernandezAlimentaçãobem-estar,calmantes,chás,ervas,naturais,receitas,relaxantes,saúde,sucosHoje em dia, sofrer com depressão, ansiedade, estresse e similares é extremamente comum. Seja pela correria do dia-a-dia, pela complexidade dos problemas familiares vistos em nossa sociedade ou por qualquer outro motivo, certamente é fácil encontrar alguém que apresente um desses quadros. De acordo com a OMS, a depressão é a doença...Remédio para emagrecer, dieta, tratamento natural, bulas e tutoriais